Conheça a história da transexual que nasceu apenas com sua pélvis e quer ser cantora internacional de sucesso

A transexual Piyah Martell nasceu com sua coluna encurtada e pernas minúsculas.

Apesar de suas dificuldades físicas, ela pretende ser uma estrela internacional. Hoje, com 21 anos, já gravou videoclipes e colocou na internet cantando sucessos de suas cantoras favoritas e já conquistou um público fiel no Facebook, Youtube e MySpace.


Piyah nasceu em Sacramento, na Califórnia, EUA. Com 15 anos de idade, revelou aos seus pais que queria se vestir de mulher. Ela começou a comprar roupas e maquiagens e está fazendo tratamento hormonal para compor sua transformação.

Seu corpo é composto, basicamente, da cintura pra cima. Sua doença é chamada de Síndrome de Regressão Caudal, um problema muito raro que faz com que a coluna e as pernas não desenvolvam como deveria no útero.

O adolescente teve uma vida difícil já na infância quando perdeu sua mãe biológica aos 7 anos de idade e sofreu grande intimidação na escola por ser diferente.


“Eu sempre me senti diferente, desde quando eu tinha 6 anos. Eu gostava de brincar com os brinquedos de menina e eu sabia no meu coração que algo de diferente existia em mim”, disse.

Ela prossegue: “Nasci menino, mas existia uma menina dentro de mim”. Ela comenta ainda que se sente abençoado porque sua madrasta sempre o tratou como um filho, sem fazer diferença.

“Quando eu comecei a engatinhar percebia que não podia usar minhas pernas”. Hoje ela anda normalmente com as mãos e se locomove com certa facilidade.

Sua trajetória na escola foi muito dura, especialmente porque não tinha muitos amigos: “Quando eu era mais novo, costumava a desejar que eu era como todas as outras pessoas. Levei muito tempo para ter orgulho de quem eu sou”.

Com todos os seus problemas físicos e profundo abalo psicológico, sua família foi um suporte essencial para seu bem estar atual. Seu pai apoiou sua orientação sexual e esteve ao seu lado em todas as decisões.

Ela nunca trabalhou por conta de suas limitações, então começou a procurar algo útil para fazer e resolveu desenvolver seu sonho em ser cantora e postar clipes no Youtube: “Alguns comentários são bons, alguns são ruins, mas a maioria dos comentários é positivo. Meus fãs são incríveis e possuem amor por mim e minha família”.


Sua madrasta foi diagnosticada com câncer de pulmão quando ela tinha 19 anos e faleceu: “Foi muito difícil, mas ela sempre quis que eu alcançasse meus sonhos. Estou determinado a realizá-los e quero ser cantor performático”.

Ela, aos poucos, está conseguindo seu espaço na internet e busca mais reconhecimento. Segundo ela, seu exemplo de vida deve ser encarado pelas pessoas como um impulso.

“Quero mostrar às pessoas que mesmo que nasça com um defeito, não importa porque você pode ser o que quiser na vida”, finalizou.


Por Jornal Ciência

About Queimadas No Foco

Queimadas No Foco
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário