SAÚDE EM FOCO: Dor nas pernas? O que pode ser?

 dor nas pernas é algo comum na vida de muitos brasileiros. Incômoda e insistente, pode ser causada por várias doenças ou ações, ser circulatórias ou até mesmo por muito esforço físico.


CAUSAS DAS DORES NAS PERNAS E COMO TRATAR
Má circulação: afeta principalmente idosos e tende a piorar com o passar do tempo. Os sintomas mais comuns são o inchaço nos pés e nos tornozelos, dor localizada, dificuldade na locomoção e as pernas tendem a ficar arroxeadas, pois estão com o mau funcionamento dos vasos sanguíneos. Algumas doenças podem estar se desencadeando como:
Doença arterial periférica (DAP): neste caso as dores nas pernas surgem após o esforço e desaparecerem com o descanso. As pessoas são obrigadas a interromper a marcha por dor intensa, conseguindo retomá-la após um período variável (alguns segundos a minutos) de descanso. É o que se chama de claudicação intermitente. As dores são provocadas pela oxigenação deficiente dos músculos, uma consequência do estreitamento das artérias pela acumulação de placa aterosclerótica. Os tratamentos incluem fisioterapia (programa de marcha) e fármacos. Em casos mais graves pode ser necessário recorrer a intervenção cirúrgica. Se deixada progredir sem tratamento, a DAP pode evoluir para situações mais críticas com aparecimento da dor mesmo em repouso, principalmente nos pés, podendo, em algumas situações, levar a perda tecidular com gangrena e necrose.
Varizes: as varizes podem fazer-se acompanhar de sensação de cansaço, peso  e dores nas pernas. Mas mesmo antes das varizes serem visíveis, as dores já se podem fazer sentir, particularmente ao fim do dia. Nos homens, onde os pêlos frequentemente mascaram os derrames e as varizes, as cãibras nocturnas e as dores nas pernas poderão ser os primeiros sinais de alarme. Existem actualmente diversos tratamentos para varizes, incluindo a escleroterapia, a ablação endovenosa por laser ou radiofrequência, e o stripping (remoção) da veia safena. A decisão por um tratamento específico depende de cada caso. Se deixadas por tratar, as varizes tendem a agravar, com o desenvolvimento de mais varizes e de potenciais complicações (tromboflebites, edema, alterações da pele e úlceras de perna de difícil cicatrização).
Trombose venosa profunda: a formação de coágulos nas veias profundas das pernas é outra causa possível para dores nas pernas, mais frequentemente a par com inchaço (edema) exuberante da perna. Se um fragmento deste trombo se soltar poderá “viajar” até aos pulmões e causar uma embolia pulmonar, potencialmente mortal. Os tratamentos existentes passam por administração de anticoagulantes, como a heparina e a varfarina, ou a realização de trombólise, isto é, a dissolução do trombo com recurso a fármacos específicos.
Pode acontecer também, com pessoas que ficam muito tempo na mesma posição no trabalho, avião, ônibus e em outros lugares. Para aliviar essas dores, o indicado é deitar de barriga para cima com as pernas elevadas para melhorar a circulação do sangue no corpo, pode ser indicado também o uso de meias de compressão elástica para o estímulo da corrente sanguínea.

Origem muscular: causada por um esforço temporário, as dores nas pernas podem surgir repentinamente por um exercício físico praticado sem uma preparação adequada. Os sintomas são dores após o término da prática de exercícios e é mais como um “cansaço” nas pernas.

Para aliviar esse tipo de dor, pratique o alongamento corretamente antes de iniciar sua jornada de esporte, tome um banho quente e eleve suas pernas para estimular a circulação e desinchá-las.


Problemas na coluna: quando a pessoa sente dores localizadas no fundo das costas, nos glúteos, na parte superior das coxas, sensação de formigamento e fraqueza nas pernas, isso pode ser ocasionado por alterações no bom posicionamento da coluna vertebral. Dores nas pernas ao caminhar pode ser também, inflamação no nervo ciático ou hérnia de disco.

Para aliviar as dores, use compressas de água morna nos locais afetados, evite esforços desnecessários ou levantar objetos muito pesados. Muitas vezes é indicado a fisioterapia para o tratamento de dor mais grave.

Problemas Articulares: é comum em idosos e geralmente está relacionada com irregularidades, como artrite ou artrose. A rigidez das pernas e dores constantes são os principais sintomas.

O tratamento mais indicado é o uso de compressas de água, além dos medicamentos indicados por um ortopedista ou seu médico de confiança.

DOENÇAS MAIS COMUNS
Além das doenças comentadas acima, algumas outras podem ser responsáveis pelas dores nas pernas, veja algumas delas:

Gota (especialmente no dedão do pé);
Caxumba;
Hepatite A, B ou C;
Gripe;
Sarampo;
Esforço fora do normal ou uso excessivo, incluindo tensões ou torções;
Febre reumática;
Rubéola;
Varicela (catapora);
Lesões, inclusive fratura;
Osteomielite;
Osteoporose;
Tendinite.

DICAS PARA ALIVIAR AS DORES NAS PERNAS
Exercícios Físicos: pratique diariamente um tempo mínimo de 45 minutos. Isso ajuda no bom funcionamento do corpo e de seus órgãos internos, além da circulação correta do sangue pelo corpo.

Boa alimentação: a irregularidade na hora de se alimentar pode causar peso em excesso, o que gera as dores nas pernas também. Mantenha uma alimentação com muitos legumes, verduras e evite gorduras.

Peso: não carregue objetos muito pesados, isso pode ocasionar lesões e sobrecarregar suas pernas.

Alongamento: antes de iniciar a sessão de exercícios, faça um bom alongamento do seu corpo para evitar o esforço demasiado e repentinamente de seus membros

Se as dores persistem e se enquadram em algum desses casos, procure assistência por um profissional de saúde compentente.

FONTE: www.nursing.com.br/ e www.cirurgia-vascular.pt/

Dra. Jacqueline Marinho - Fisioterapeuta
Fisioterapeuta formada pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
Pós-Graduada em Fisioterapia nas Disfunções Biomecânicas com foco em Coluna Vertebral - Faculdade Einstein
Fisioterapeuta Home Care (Domiciliar)
E-mail: jckfisio@gmail.com
FanPage: https://www.facebook.com/drajacquelinemarinho/
Instagran: https://www.instagram.com/drajacquelinemarinho/

About Unknown

Unknown
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário