William Simões diz que libera Renatão para Queimadense

William Simões, presidente do Campinense (Foto: Larissa Keren / Globoesporte.com/pb)Com proposta do Ministério Público, centro de treinamento do Campinense passará por vistorias e poderá ser utilizado no Campeonato Paraibano de 2014

A proposta de utilizar o Estádio Renatão, centro de treinamento do Campinense, para receber jogos dos times menores do Campeonato Paraibano foi aprovada pelo presidente do clube, William Simões. 


A sugestão surgiu durante uma reunião entre os órgãos públicos de segurança, a Federação Paraibana de Futebol e o Ministério Público, para tentar solucionar a falta de condições do estádios paraibanos para realizar a competição. Caso o Renatão seja liberado, o dirigente garantiu que vai ceder a praça esportiva para Queimadense e Sport Campina se eles quiserem mandar seus jogos da competição lá.

- Não há problema nenhum em cedermos nosso estádio para que outros times recebam jogos, como é o caso do Sport Campina e do Queimadense. Até por que são dois times daqui, sendo o Queimadense da cidade vizinha de Queimadas, se eles quiserem, a gente pode disponibilizar o Renatão para partidas - contou.

Com o Perpetão, o Marizão e o Teixeirão vetados após as vistorias da Comissão Estadual Permanente de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios e as reformas nos estádios Almeidão, Amigão e Graça, o início do Campeonato Paraibano teve que ser adiado do dia 5 de janeiro para o dia 12. 
A solução sugerida pelo promotor do Cidadão em Campina Grande, Bertrand Asfora, foi permitir que estádios de menor porte e até de cidades que não têm clubes no Paraibano, recebam partidas em que não se esperam muitos torcedores. É o caso dos estádios o Pedrozão (Alhandra), o Bezerrão (Bananeiras), o Lundrigão (Caaporã), o Toscanão (Lucena) e do Renatão (Campina Grande). Durante esta semana, essas arenas passarão por vistorias e os laudos serão apresentados durante uma nova reunião na próxima sexta-feira. Além disso, alguns jogos poderão acontecer sem torcida ou com sua capacidade reduzida.

Estádio Renatão, Campinense  (Foto: Nelsina Vitorino / Jornal da Paraíba)

Simões lembrou também que a arena esportiva passou por reformas recentemente e que oferece condições de receber partidas do Estadual.
- A possibilidade de mandar jogos no Amigão existe sim. Nosso estádio passou por uma reforma e está capacitado para receber jogos do Paraibano, desde que não sejam grande clássicos, como um Campinense e Treze, ou Campinense e Botafogo. Mas o Renatão tem estrutura para esses jogos menores, que não se espera tanta torcida ou para partidas de torcida única – explicou Simões.
Entenda o caso
O Renatão passou a ser opção para a Queimadense, o Sport Campina e o Campinense após a constatação de que o Amigão não poderia receber os jogos nas primeiras rodadas do Campeonato Paraibano.  Inicialmente, se pensou no Presidente Vargas como saída para os times de Campina Grande e região. No entanto, o presidente do Treze, Eduardo Medeiros, já afirmou que não pode liberar a praça esportiva, pois o Galo se prepara para a Copa do Nordeste no local. Já  William Simões disse que não teria problemas em “emprestar” seu centro de treinamento para que outros clubes mandem suas partidas.
Com o adiamento do Paraibano, o Campinense deve estrear no dia 12 de janeiro, sendo mandante em partida contra o Santa Cruz.

Por Globo Esporte PB

About Queimadas No Foco

Queimadas No Foco
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário