Estudantes protestam no Centro de CG pedindo fim de greve de professores da UEPB


 Há mais de 70 dias sem aula os estudantes da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) perderam a paciência e protestaram em Campina Grande , na manhã desta quinta-feira (9), contra a greve dos professores da instituição.

Usando nariz de palhaço, o grupo se concentrou na Praça da Bandeira, no e seguiu para o Campus da UEPB exigindo que os professores voltem às aulas. O coordenador geral do Diretório Central de Estudantes, (DCE), Alberto Alves, informou que eles já fizeram uma mobilização pelas redes sociais, e estão indo para as ruas no intuíto de forçar o fim da greve. "Nós é que somos os prejudicados com essa greve" disse Alberto.

De acordo com o DCE, a quantidade de professores que insistem em manter a greve é inferior a dos que preferem retomar as atividades. Os estuantes são os autores da ação  na Justiça que resultou na decretação da ilegalidade do movimento. Mesmo com a Justiça tendo decretado a greve ilegal, a greve continua afetando mais de 22 mil alunos nos 8 Campus da instituição.

Na semana passada os professores rejeitam contraproposta feitA pelo reitor Rangel Junior de um aumento progressivo de  3% de reajuste a partir de maio e mais 2,83% em outubro que elevaria o percentual para 5.83%. O presidente da ADUEPB José Cristovão Andrade disse que os docentes preferiram esperar a aprovação do reajuste no Conselho Universitário.  Só depois eles pretendem  voltar a a se reunir em assembleia para  decidir se voltam as aulas ou permanecem de greve.


Por PBAgora
http://3.bp.blogspot.com/-WmexhCwke_E/UTFeMbO2C8I/AAAAAAAABdQ/sa0uf9Vy4QM/s1600/Sao+jorge+Art.Final.JPG

About Queimadas No Foco

Queimadas No Foco
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário