BOQUEIRÃO: Ministério Público recomenda a antecipação do racionamento em Campina Grande

Responsável pelo abastecimento de água de Campina Grande e mais 19 municípios do Compartimento da Borborema, o açude Epitácio Pessoa em Boqueirão, está com menos de 26% de sua capacidade, o que corresponde a pouco mais de 106 milhões de metros cúbicos de água acumulada. O risco de colapso no sistema de abastecimento parece ser inevitável.


Diante da baixa redução no volume  de água de Boqueirão, o ministério Público da Paraíba está recomendando à Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) que inicie o racionamento do uso da água do açude de Boqueirão antes do mês de dezembro, como prevê a empresa.


A promotoria do consumidor determinou uma prazo para que a Cagepa possa apresentar um plano de contingência no uso dessa água. O manancial conta hoje com pouco mais de 106 milhões de metros cúbicos de água. Construído pelo Departamento Nacional de Obras Contras as Secas (DNOCS) há mais de 50 anos, Boqueirão atravessa um dos piores momentos de sua história, devido a seca que assola a região. O açude vem perdendo em média, 2 centímetros de água por dia por conta do consumo e da evaporação.

Por PBAgora

About Queimadas No Foco

Queimadas No Foco
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário