Deputado paraibano desmascara Elba Ramalho e prova que cantora usa dois pesos e duas medidas quando o assunto é seca no Nordeste

Deputado paraibano desmascara Elba Ramalho e prova que cantora usa dois pesos e duas medidas quando o assunto é seca no Nordeste

A música “Nordeste Independente", um utópico manifesto contra a discriminação sofrida pelo nordeste, gerou polêmicas no início dos anos 80. A música foi composta pelo escritor e compositor, Bráulio Tavares e por Ivanildo Vilanova, um dos poetas repentistas mais conhecidos e respeitados do Brasil. A obra foi gravada por Elba Ramalho na década de 80, que aproveitou apenas seis, das, pelo menos, 15 estrofes escritas pelos poetas.

Quando gravou "Nordeste Independente", Elba fez todo um discurso de que “os políticos, os homens de poder, quando chegam na época de eleições vão pedir votos e não irrigam o Nordeste, a seca continua existindo, entra ano sai ano o sertão continua ao Deus dará, esses casos como o de Caruaru... (suspira indignada) Ah, mas são casos absurdos, a política é uma sujeira. Seja aqui, em Brasília, São Paulo, Rio, Caruaru, na Paraíba... Existem homens e homens”.

Ao ouvir tal gravação no programa Correio Debate, dessa quinta-feira (22), o deputado estadual Trocolli Júnior (PMDB-PB) interviu e afirmou que a declaração da cantora é um tanto quanto paradoxal, afinal, segundo o parlamentar, ela mesma já afirmou publicamente ser contra a transposição das águas do rio São Francisco.

“Nossa querida Elba Ramalho que é de Conceição, uma das cidades mais castigadas pela seca na Paraíba, já deu várias declarações públicas que é contra a transposição das águas do Rio São Francisco. Ela como pessoa pública não deveria fazer declarações como essas”, observou o deputado Trocolli Júnior.

Trocolli explicou que Elba Ramalho fez uma declaração sem nenhum embasamento técnico, mostrando o despreparo e o desconhecimento que tem sobre o semiárido paraibano. “Sabemos que a transposição vai usar apenas 20% das águas que são derramadas no mar e não é possível que uma pessoa pública seja contra um projeto tão importante para resolver os problemas da Seca na Paraíba. Ela não tem embasamento técnico e desconhece, inclusive, as dificuldades da região em que ela nasceu e viveu, a cidade de Conceição”, frisou.



Simone Duarte

PB Agora

About Queimadas No Foco

Queimadas No Foco
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário